Como escolher o caminhão agrícola ideal? Entenda aqui!

7 minutos para ler
Powered by Rock Convert

O transporte rodoviário está entre as principais modalidades de deslocamento de cargas no Brasil. Isso se deve ao grande fluxo de mercadorias dentro do território nacional em vias terrestres. Para esse trabalho, o caminhão adquire papel fundamental. Por meio dele, é possível desempenhar várias atividades relacionadas ao transporte de carga. A esse respeito, um ramo que também utiliza bastante esse veículo como ferramenta no negócio é a atividade agrícola.

Nesse sentido, para que a produção possa ser movimentada até o seu destino final sem apresentar prejuízos, a matéria-prima colhida nas lavouras deve ser deslocada com o máximo de segurança e cuidado, para que sejam evitados desperdícios e perda de carga.

Por isso, para que o produtor possa obter qualidade e eficiência em sua produção, é essencial escolher o veículo ideal que atenderá à demanda específica do seu segmento de forma ágil e produtiva.

Caso você ainda não tenha conhecimento de como avaliar caminhões agrícolas, preparamos este artigo contendo as principais informações sobre o tema. Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

Quais são os desafios de transporte do setor agrícola?

A produção agrícola envolve o trabalho de várias atividades relativas ao cultivo e à colheita de matéria-prima. Artigos de consumo, como milho, trigo, batata, cenoura, morango e demais itens alimentares, fazem parte do trabalho de agricultura no país.

Esse ramo de negócio representa grande importância para a economia nacional. Grande parte é deslocada do meio de produção até os portos para ser exportada. A outra parte é distribuída dentro do comércio interno, garantindo o fluxo de alimentos e a manutenção do mercado brasileiro.

Dessa forma, há uma grande dinâmica de serviços envolvendo o setor agrícola. Uma das particularidades dessa área diz respeito a lidar com o fator de perecibilidade. Isso porque todos os produtos alimentares têm prazos de validade, o que é um fator de grande relevância para os processos logísticos, como o manuseio e, é claro, o transporte e o tempo de viagem. Por isso, a função de carregar a matéria-prima é muito importante.

No entanto, entre os desafios do transporte do ramo agrícola, é válido mencionar que muitos profissionais e pequenos empresários de frotas de caminhão reclamam que os valores de frete são muito baixos e não correspondem às dificuldades enfrentadas pela operação de deslocamento das mercadorias, tornando o negócio menos rentável e com baixo potencial de crescimento.

Além disso, outro fator que dificulta essas operações está relacionado à precariedade das estradas brasileiras. Nas palavras de Ricardo Potenza, da Luiz Fernando Potenza e Cia Ltda (empresa de transporte de grãos) “As maiores dificuldades são as estradas e os valores muito baixos de frete”.

Sobre esse ponto, muitas regiões em territórios nacionais, como é o caso de algumas estradas no norte do país, não oferecem condições viáveis para esse tipo de transporte, pois alguns problemas, como buracos, vias não pavimentadas e cursos irregulares de trajeto, prejudicam o trabalho dos caminhoneiros e, muitas vezes, acabam atrasando o tempo de entrega das mercadorias, o que é extremamente prejudicial em se tratando de mercadorias perecíveis.

Como escolher o caminhão agrícola ideal?

Ao escolher o modelo de caminhão agrícola ideal para o seu negócio, é necessário estar por dentro de vários fatores antes de adquirir o veículo. Um deles corresponde à economia no consumo de combustível da máquina.

A esse respeito, o comprador deve ter em mente qual veículo lhe oferecerá uma boa relação custo-benefício dentro das opções disponíveis no mercado. Ligado a isso, também temos que considerar a potência do caminhão, bem como a sua robustez, que será necessária para atender à demanda do negócio.

Em algumas tarefas, haverá a necessidade de ter um veículo com maior resistência e mais força para transportar grandes volumes de cargas em terrenos acidentados. Todos esses aspectos devem ser avaliados juntamente ao quesito de conforto e segurança dos modelos, pois esse ponto faz toda a diferença para garantir a produtividade do transporte agrícola.

Quais os tipos de caminhões agrícolas?

Como já mencionado, as atividades envolvendo o transporte no setor agrícola são diversas e, por isso, podem demandar tipos específicos de caminhões.

A esse respeito, dentro desse ramo, algumas empresas, como a Cavese, trabalham com vários modelos da Scania que podem atender às mais variadas necessidades do agronegócio. “Hoje, utilizamos somente os caminhões da Scania. A experiência tem sido a melhor” ressalta Ricardo Potenza. Além do mais, é fornecido um programa de manutenção realizado pela empresa aos clientes. Para você saber mais sobre qual é o tipo de veículo ideal para o seu empreendimento, veja, a seguir, os principais modelos e funções de caminhões agrícolas!

Transporte de carga viva

Esse é um dos transportes que mais exigem atenção, bem como um modelo específico de caminhão para o frete. Esse tipo de veículo deve ter, em sua estrutura de carga, uma carroceria que permita a ventilação do ambiente interno para que os animais possam ser transportados sem a obstrução de ar no interior do caminhão.

Para os casos em que os animais estejam na categoria de grande porte, como equinos e bovinos, é ideal que o veículo seja equipado com a carroceria boiadeira. Os modelos mais adequados são o truck e a carreta.

Transporte de carga frigorífica

Para o transporte de carga frigorífica, são comumente utilizados os modelos de caminhões VUCs, toco, truck e carreta. Tudo depende do volume da mercadoria e da área de circulação necessária. Essa atividade envolve o deslocamento de produtos resfriados ou congelados. Por isso, o caminhão deve ter equipamentos específicos. Além do mais, entre as peças de caminhão, precisa haver um baú com vedação, revestimento térmico e dispositivos de resfriamento.

Transporte de carga a granel sólida

Para trabalhar com o transporte de carga a granel sólida, os modelos mais recomendados são os trucks ou, até mesmo, a carreta de cavalo simples, pois as mercadorias são de grande volume e peso. Entre elas, podemos citar o trigo, o milho e a soja. Esses veículos precisam ter carroceria aberta, como é o caso dos caminhões graneleiros, e grade alta, para que os produtos transportados possam chegar ao seu destino final sem sofrer perdas.

Portanto, essas foram as principais informações de como escolher e avaliar caminhões agrícolas para o seu modelo de empreendimento. Percebe-se que a tarefa de optar por um tipo de veículo deve ser realizada com base nas suas necessidades e condições de trabalho para que o negócio possa obter o máximo de desempenho com o transporte rodoviário.

Gostou do artigo? Então, compartilhe-o nas suas redes sociais para que seus amigos e familiares possam conhecer também sobre esse tema!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.