Confira 8 filmes que todo caminhoneiro deve assistir

6 minutos para ler

Tudo pode acontecer nas estradas, afinal, nunca uma viagem é igual à outra. Por conta disso, muitos caminhoneiros colecionam histórias e inspiram diversas narrativas. Conhecer contos que nos motivam a continuar exercendo a profissão é algo vital para a nossa jornada. Portanto, recorrer aos filmes é uma excelente ideia para momentos de lazer.

Neste post, selecionamos diversos tipos de filmes sobre caminhoneiros: ação, drama, suspense e terror. Continue com a gente para conhecer nossas indicações.

1. Encurralado (1971)

Produzido e dirigido por Steven Spielberg, o personagem principal desse longa é um caminhão. Por mais que a intenção pareça cômica no início, trata-se de uma história muito bem-feita, apesar do baixo orçamento. Encurralado é um telefilme que foi gravado em poucos dias com algumas pitadas de humor.

O veículo modelo Peterbilt que persegue o personagem Dennis Weaver é imenso, parece uma baleia jubarte se arrastando sobre a estrada — e sua motivação por trás disso tudo é causar terror. Algo bastante parecido com o clássico Tubarão, do mesmo diretor. Vale a pena conferir pelo fator nostalgia.

2. Comboio (1978)

Comboio conta a história de Rubber Duck, um motorista de caminhão que decide se rebelar contra a corrupção policial liderada pelo xerife Lyle, um inimigo do passado. Após ser agredido, humilhado e assaltado pelo corrupto agente da lei, Rubber monta um enorme protesto de classe. Com sua namorada na boléia, o protagonista conduz seus colegas caminhoneiros em um grande trajeto, partindo do estado do Arizona rumo ao México.

Esse é um filme corajoso, pois expõe temas sociais que perduram até hoje, desigualdade, luta de classes e preconceito de gênero. Contudo, o maior destaque aqui são as cenas de ação e perseguição empolgantes, graças à excelente atuação do elenco.

3. Aventureiros do Bairro Proibido (1986)

Clássico que passou milhares de vezes na Sessão da Tarde, Aventureiros do Bairro Proibido parte de um herói com característica de durão chamado Kurt Russell. Após sua namorada ser sequestrada por um motivo nada convencional, para resgatá-la, ele terá de enfrentar uma gangue asiática, num bairro chamado Little China.

O filme é muito engraçado e revela como a cultura pop enxerga os profissionais que guiam os grandes veículos de transporte de carga. É um liquidificador de emoções, pois mistura momentos de faroeste com arte marcial chinesa, além de ter personagens com bastante carisma.

4. Comboio do medo (1986)

Na trama, quatro homens deportados que vivem em uma região inóspita da América do Sul são convocados por uma petrolífera para entregar uma carga de nitroglicerina. Se eles chegarem sãos e salvos ao destino, terão sua condição normalizada e ganharão 10 mil dólares.

O “Comboio do Medo” tem altos momentos de suspense. Além disso, o roteiro também é cativante, pois foca nos quatro protagonistas, o que garante empatia por parte do espectador. O filme funciona em episódios, mas a história é bastante fluida e prende atenção com facilidade, especialmente quando vai chegando ao seu desfecho. Uma excelente abordagem do diretor de “O Exorcista” que merece ser conferida.

5. Falcão – O Campeão dos Campeões (1987)

Sylvester Stalone estava no auge de sua popularidade em meados dos anos 80. O enorme sucesso de Rocky e Rambo garantiu que ele conseguisse viver outros personagens marcantes, como esse do caminhoneiro chamado Lincoln que passa por aborrecimentos familiares. Por ironia do destino, ele e seu filho protagonizam uma viagem longa, e acabam reconstruindo uma afinidade perdida devido à ausência do pai.

O filme consegue ser único, no sentido de apontar a dificuldade enfrentada por aqueles que exercem essa profissão, que é o fato de ficar longos períodos longe de casa, um drama vivenciado por milhares de condutores (e condutoras) que passam seus dias percorrendo as rodovias do Brasil e do mundo.

A trama em questão tem uma característica heroica, lotada de clichês, mas que não compromete seu andamento, graças ao carisma do protagonista, que sempre que gira seu boné para trás ganha mais força para derrotar adversários e superar desafios.

6. A caminhoneira (2008)

Diane é uma caminhoneira de longa distância. Ela curte momentos de lazer com seu amigo Runner para jogar conversa fora e beber vodca. Seu modo de vida transforma de uma hora para outra quando Len, seu ex-marido, entrega Peter, seu filho de 11 anos de idade, para ficar com ela enquanto Len tenta se recuperar de um câncer. Essa condição leva a motorista a exercer seu papel de mãe e, por causa disso, refletir sobre sua vida.

7. O Sal da Terra (2008)

O Sal da Terra é bastante intrigante, pois aborda a história de um padre caminhoneiro e suas viagens Brasil afora. Durante seus trajetos, ele se depara com pessoas marcantes e compreende melhor a diversidade humana presente na estrada. Personagens característicos desse filme fazem parte da missão de Padre Miguel, presbítero católico que deixou a paróquia na cidade para amparar o povo da estrada.

Entre a calmaria dos quilômetros percorridos e a surpresa dos encontros, o sacerdote relaciona o modo de vida de cada personagem com partes da celebração da missa.

Dirigido por Elói Pires, o filme conquistou o European Spiritual Film Festival e ganhou o Prêmio Margarida de Prata, da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

8. O caminhão do meu pai (2013)

Mai, uma garota vietnamita que passa momentos ruins na escola tem de passar um dia com o pai, que conduz seu caminhão pelas rodovias do Vietnã, onde leva roceiros pelos campos de arroz do país. Ele a “promove” a assistente e ela tem a função de receber o dinheiro dos passageiros. Ao descobrir que seu pai exerce outra atividade, ela percebe que nem tudo na vida parece ser o que é.

O filme foi coproduzido entre o Brasil e o Vietnã e foi gravado no território asiático. O roteirista e diretor, Mauricio Osaki, contou com o apoio de profissionais de diversos países para superar o desafio de rodar uma história com atores que falavam apenas vietnamita.

O curta foi bem recebido pela crítica, o que rendeu destaque em festivais internacionais, como o 26º Cinelatino, na França, e o Festival Internacional de Curtas, na Coréia do Sul. Além disso, concorreu ao prêmio de melhor curta no Festival de Berlim e ao Oscar de 2014.

O que achou dos filmes sobre caminhoneiros mostrados acima? Já assistiu alguns dos mencionados? Não deixe de conferir essas histórias para relaxar entre uma viagem e outra e refletir sobre a vida nas estradas.

Se você gostou deste post, compartilhe-o com seus amigos caminhoneiros nas suas redes sociais. Eles certamente gostarão de conferir essas sugestões em momentos de lazer.

Você também pode gostar

Deixe um comentário