Controle de frota: entenda a importância dos relatórios de veículos

6 minutos para ler

O aumento na eficiência dos processos é um objetivo comum a todas as empresas do mercado. Isso não seria diferente na logística, em que o acompanhamento estatístico é fundamental para obter um corte de gastos aliado aos ganhos na produtividade. Por isso, é importante discutir o controle de frota.

Acreditamos que os relatórios são indispensáveis para que os gestores melhorem suas decisões, aprimorando os resultados ao longo do tempo. Assim, neste texto, vamos explicar o que é o controle de frota, qual é a sua importância para o seu negócio e por que você deveria investir nele.

Está ansioso para aprender mais sobre essa solução gerencial? Então, continue a leitura!

O significado e o papel do controle de frota

Antes de tudo, é importante entendermos o conceito e o propósito da prática. Convivendo no cotidiano de uma frota, você provavelmente já percebeu a quantidade de informações envolvidas em todas as etapas, não é mesmo?

Pois bem, uma gestão de frotas competente consiste em coletar e interpretar todas essas informações, pois apenas dessa maneira será possível identificar o escoamento de recursos — seja em tempo, dinheiro, funcionários ou máquinas.

Para conseguir isso, é necessário a contratação de um profissional encarregado apenas da tarefa de reunir esses dados para, então, transformá-los em decisões mais acertadas, como:

  • reprimir imprudências de motoristas, recebendo as notificações de limite de velocidade em cada veículo;
  • desenhar as melhores rotas, analisando tempo, consumo e segurança dos trechos;
  • coibir abuso de funcionários, acompanhando um histórico de abastecimentos;
  • determinar quais veículos precisam de manutenção, identificando o desgaste com antecedência.

Motivos para a elaboração dos relatórios de veículos

No entanto, nos dias de hoje, apenas um gestor de frotas munido de sua prancheta não será o suficiente. Mesmo em empresas pequenas, com apenas três caminhões, a quantidade de informação pode ser avassaladora sobre o profissional responsável.

Imagine averiguar diariamente dados estatísticos de consumo, distâncias, gastos, rotas percorridas, condições dos componentes e muito mais. Mesmo que você dedique improdutivas horas na coleta dessas informações, ainda será necessário analisá-las para melhorar as suas escolhas.

Por essa razão, existem soluções dedicadas a isso e distribuídas por todo o mercado nas mais diversas plataformas, como softwares adequados ao seu smartphone, navegador ou computador pessoal. Mas o que essas soluções fazem?

Elas intercalam a gigantesca quantidade de dados — coletados em tempo real — e oferecem um painel de controle aos gestores, emitindo os mais variados relatórios que relacionam todas as informações desejadas.

Trata-se de um serviço que permite ao gestor focar apenas na interpretação dos dados para, então, realizar as escolhas mais adequadas para cada momento.

Abaixo, elencamos os principais motivos que justificam a qualidade desses relatórios à sua empresa. Entenda!

Custos controlados

O controle ataca um ponto muito importante nas frotas, que são os custos inerentes ao deslocamento dos caminhões. Se antes era impossível manter um teto de gastos entre os motoristas, isso não acontece com uma gestão minuciosa.

Relatórios dão uma visão cristalina de todos os gastos. Existem soluções nacionais, como o CTF Abastecimento, que é capaz de garantir que o valor pago foi destinado apenas ao combustível e que esse abastecimento de fato entrou no tanque do veículo. Tudo sendo visualizado por um painel diretamente no seu navegador.

Decisões acertadas

O gestor passa a tomar decisões mais pontuais, conseguindo determinar as melhores rotas em função da experiência passada, conforme o controle vai se aprimorando ao longo dos meses.

Alguns exemplos dessas decisões:

  • conscientizar os motoristas infratores sobre o monitoramento das viagens e suas velocidades, aplicando penalizações conforme necessário;
  • coibir desvios realizados por funcionários agindo de má fé;
  • determinar rotas diferentes, acompanhando o fluxo de trânsito em cada uma delas e observando os diferentes tempos de conclusão;
  • priorizar serviços de acordo com os cálculos de rentabilidade, que relacionam custos operacionais versus valores recebidos.

Desempenhos analisados

Atualmente, a grande maioria dos caminhões pode ser equipado com um scanner dedicado ao seu monitoramento. Esses equipamentos se conectam com a central eletrônica do veículo e, com isso, realizam varreduras por todo o sistema, tentando identificar componentes com mal funcionamento.

Dessa forma, você poderá se manter informado quanto à necessidade de manutenção de cada uma das unidades.

Viagens monitoradas

O acompanhamento das viagens é justificado por uma série de motivos. O primeiro está no controle de gastos e vazões, que apenas um sistema de rastreamento poderá indicar, apontando sempre que o veículo for abastecido, onde, quando e quanto.

Além disso, o monitoramento geográfico em tempo real notificará sempre que o condutor sair da rota planejada.

Outro motivo se ampara na segurança, pois um rastreador, devidamente advertido na carroceria do caminhão, desestimulará a ação criminosa — e, mesmo que ela ocorra, poderá localizar o veículo na comodidade de um computador com internet.

Por fim, as viagens monitoradas também incluem uma análise constante da velocidade dos veículos da frota, notificando o gestor responsável sempre que algum funcionário exceder os limites permitidos. Essas notificações podem ocorrer por meio de e-mail, painel ou SMS, garantindo agilidade.

Processos padronizados

A padronização traz previsibilidade para os procedimentos de uma empresa. Todos os funcionários da equipe responsável pela gestão da frota saberão como e qual sistema utilizar, eliminando o tempo ocioso em comunicação ineficiente.

Vale lembrar que toda solução de gestão de frota exigirá um período para que a equipe se habitue ao seu uso. Mas, passado esse breve momento, a empresa ganha em agilidade, eficiência e tempo — o que, a longo prazo, corresponderá em produtividade seguida por lucro.

Economias conquistadas

Por fim, a razão central para implementar um sistema de gestão de frotas é o corte de gastos. A economia acontecerá em todas as frentes da operação logística, reduzindo custos em combustível, multas e manutenções, além de eventuais desvios descobertos.

A gestão de frotas tem sido um nicho tão importante à eficiência do mercado nacional, que existe uma infinidade de alternativas para as empresas. A própria Scania oferece soluções no Scania Fleet, disponível para smartphones Android e iOS.

Gostou deste conteúdo dedicado ao controle de frota? Então, não perca a oportunidade de explorar o seu interesse no assunto e confira o nosso artigo sobre a gestão de frota de caminhão e como reduzir o custo da logística!

Você também pode gostar

Deixe um comentário