Entenda aqui o que é agregar caminhão e como fazer!

6 minutos para ler
spotify scaniaPowered by Rock Convert

Hoje em dia, o cotidiano do caminhoneiro moderno está repleto de tecnicalidades. Afinal de contas, é fundamental que esse profissional seja capaz de realizar as escolhas mais acertadas para a própria operação, seja atuando à frente de uma frota ou de maneira autônoma. Sendo assim, elaboramos este post para apresentar as principais vantagens de agregar caminhão.

Como perceberá na leitura, trata-se de um assunto indispensável para quem deseja alavancar seus resultados, ou até mesmo, modernizar a própria frota — principalmente quando falamos dos modelos da nova geração Scania. Portanto, não perca a oportunidade de conhecer mais sobre o tema. Acompanhe!

O conceito da prática de agregar caminhão

Em boa parte das vezes, autonomia e segurança são termos que não se misturam. Um bom exemplo disso seria compararmos a previsibilidade financeira de um caminhoneiro em dois regimes de trabalho, ora contratado, ora autônomo.

No primeiro caso, o profissional conta com a certeza absoluta de que um salário lhe espera ao final do mês. Já na segunda categoria, cabe ao profissional empregar esforço e trabalhar sua rede de contatos para conseguir os serviços. Logicamente, essa autonomia tem suas vantagens, tal como uma remuneração maior e a flexibilidade na escala de horários.

No entanto, esses benefícios costumam cobrar seu preço na própria segurança financeira do profissional, que não contará com as mesmas garantias de um caminhoneiro contratado. É justamente para resolver essa situação que existe a agregação.

Nessa modalidade, o profissional autônomo fecha um contrato com uma empresa, determinando a prestação fixa de serviços entre essa parceria. Com isso, todos ganham:

  • o contratante economiza com os gastos que seriam necessários para a manutenção de uma frota própria, com a aquisição e custeio dos caminhões e funcionários;
  • o profissional de transporte ganha a segurança e previsibilidade financeira da carteira assinada, mantendo a flexibilidade e autonomia do próprio regime.

No entanto, vale notar alguns detalhes menores, mas igualmente importantes. A agregação é um acordo sem vínculo empregatício, pois o caminhoneiro não está sendo contratado como um colaborador, mas como um prestador de serviço terceirizado.

Nesse sentido, a vantagem que se assemelha à carteira assinada é a segurança da oferta de trabalho. Como você bem sabe, esse tipo de segurança é muito importante para quem opera no setor de transportes, pois nunca se sabe quando surgirá outra oportunidade de frete.

Por conta disso, a agregação pode ser entendida como um acordo de fidelidade entre a empresa que necessita dos seus serviços e você, garantindo um fluxo contínuo de trabalho e renda. Basicamente, a modalidade está disponível apenas para os caminhoneiros autônomos, proprietários dos veículos.

O contrato de agregação descreve tudo o que é considerado nessa relação, detalhando a forma da prestação de serviço, as remunerações e as responsabilidades de ambas as partes.

Os requisitos para se trabalhar como agregado

No entanto, existem algumas regras que movimentam essa categoria. Ainda que não sejam normas definidas por lei, as próprias empresas agregadoras tendem a exigir alguns fatores para fechar o contrato com os profissionais. 

Como perceberá abaixo, esses requisitos não são extraordinários, mas sim preocupações pontuais com a produtividade dessa parceria. Dê uma olhada!

Caminhão

É indispensável que o caminhão esteja em bom estado, com plenas condições operacionais. Afinal de contas, não é porque a empresa está terceirizando o serviço de frete que ela possa se dar ao luxo de ignorar a integridade dos veículos. Tecnicamente, o sucesso da operação depende da saúde mecânica do seu caminhão.

Caso a máquina tenha muitos anos de estrada, ou ainda, sinais claros de falta de manutenção, com desgaste avançado, é totalmente possível que a agregação seja recusada. A empresa que contrata quer ter a certeza de que você será capaz de oferecer uma parceria produtiva, com transportes pontuais, livre de atrasos, quebras e incertezas.

Qualificação

Já em um segundo momento, temos o fator qualificação, que expressa a sua experiência no ramo. Ainda que esse critério não seja tão pesado como a qualidade do veículo, a qualificação ainda tem uma importância fundamental na decisão do contratante.

Pois veja, em condições de igualdade entre dois profissionais com caminhões idênticos, a empresa naturalmente tende a fechar o contrato com aquele que tem mais tempo de estrada, com maior experiência nessa operação de transporte, melhor conhecimento de rotas, procedimentos e afins.

Reputação

Por último, mas também importante, a reputação — o que define como você é visto pelo próprio mercado. Caso tenha um bom histórico, repleto de comentários positivos, você se posicionará melhor aos olhos do contratante, que considera as recomendações de terceiros como uma forma de reforçar sua decisão. Apesar disso, vale lembrar que as coisas nem sempre são tão pragmáticas.

É possível fechar um contrato de agregação apenas tendo um veículo em bom estado. No entanto, é importante entender que quanto mais qualificado e reconhecido pelo mercado, maiores suas oportunidades de fechar contratos com empresas melhores, com ofertas de serviço ainda mais frequentes e bem remuneradas.

As oportunidades inerentes a essa categoria

Por fim, vale destacar as principais vantagens da agregação. Para muitos leitores, a maior delas tende a ser o financiamento de caminhão com essa finalidade. Afinal de contas, algumas instituições financeiras exigem uma carta da empresa contratante, observando que o consumidor (agregado) de fato prestará serviços fixos com a utilização desse veículo.

Sendo assim, a empresa que cede o financiamento tem mais uma alavanca de confiança no negócio, reconhecendo que o comprador terá uma fonte contínua de renda para suportar os pagamentos do veículo. Por conta disso, até o próprio contrato de financiamento acaba sendo beneficiado com uma redução nas taxas de juros.

Para além dessa questão, também podemos listar os impactos positivos na carreira do profissional autônomo, que poderá construir reputação de maneira mais rápida e consistente do que faria com trabalhos intermitentes, além de contar com maior segurança financeira na retirada de seus ganhos, eliminando a incerteza de ter ou não trabalho para o dia seguinte. 

Agora que você está inteirado na modalidade de agregar caminhão, não perca a oportunidade de modernizar sua operação com um novo veículo para sua frota. Para tanto, entre em contato com a nossa equipe e confira como os nossos modelos podem alavancar os seus resultados!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.