Quer ganhar dinheiro com caminhão? Veja agora 4 possibilidades!

6 minutos para ler
spotify scaniaPowered by Rock Convert

O cenário econômico brasileiro tem sofrido crises e grandes oscilações nos últimos anos que, entre outros problemas, dificultam a ascensão profissional e financeira dos trabalhadores brasileiros. Para conseguir se adaptar a essas mudanças, algumas pessoas têm optado por investir no próprio negócio, seja por meio da abertura de uma microempresa, seja pela entrada no mercado de franquias.

Além disso, outra área que possibilita desenvolver um bom capital é o de serviços de transporte de carga e pessoas.

Isso porque, no caso de empreendedores que têm o próprio caminhão, há diversas formas de utilizar o veículo para o trabalho, bem como vários meios de aplicar seu recurso para obter ganhos econômicos. As possibilidades são diversas, mas é válido ressaltar que em qualquer negócio escolhido, será preciso que o proprietário tenha muita dedicação, além de investir constantemente em seu trabalho.

E agora? Quer saber como ganhar dinheiro com caminhão? Então, confira o artigo que preparamos sobre as 4 principais formas de investir na sua máquina para obter retorno financeiro. Continue a leitura e fique por dentro de tudo!

1. Utilize aplicativos

No mercado, as grandes empresas que prestam serviço de transporte conseguem investir em uma maior divulgação de seus trabalhos devido à disponibilidade de financiar marketing e propagandas. Esse fato acaba dificultando o crescimento profissional de caminhoneiros autônomos, pois eles, por vezes, não conseguem promover a divulgação dos seus serviços em concorrência aos grandes negócios. Felizmente, a boa notícia é que essa disparidade no mercado pode ser diminuída com o auxílio da tecnologia.

Existem diversos aplicativos para tablets e smartphones que já contribuem para a conexão entre embarcadores e transportadores autônomos. Esses aparatos digitais nada mais são que plataformas que disponibilizam funções específicas para atender às necessidades do trabalhador e do cliente. Nelas, o usuário pode, por exemplo, simular a carga que deseja transportar, bem como a data, local e horário pretendido.

Além disso, de acordo com a sua demanda, são disponibilizadas ofertas de preços do frete pelos prestadores de serviços. Dessa forma, os caminhoneiros de todas as regiões brasileiras podem ter acesso a uma variedade de clientes sem ter que gastar com recursos de propaganda e marketing. Necessitam apenas ter um aparelho digital que permita baixar o aplicativo e realizar o cadastro na plataforma para enviar as ofertas de preços aos fretes escolhidos.

2. Faça o transporte de cargas perigosas

Produtos tóxicos, inflamáveis, radioativos, químicos, bem como armas, gás natural e explosivos são exemplos de cargas perigosas. O transporte dessas mercadorias representa maior complexidade, pois pode oferecer riscos à segurança pública, à saúde da população e ao meio ambiente. Devido a essas características, e às especificidades da locomoção desses produtos, seus fretes costumam apresentar maior valor agregado.

Entretanto, caso você deseje entrar no mercado de cargas perigosas, será necessário cumprir algumas exigências estabelecidas pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). O veículo também necessitará ter o perfil adequado ao tipo de produto do frete, ser limpo, e apresentar descontaminações periódicas, ter avisos e sinalizações em suas estruturas e, ainda, ser equipado com recursos de emergência específicos para os riscos da carga.

Por fim, o condutor precisa obter alguns documentos que são emitidos pelo Inmetro, tais como o Certificado de Inspeção para Transporte de Produtos Perigosos (CIPP) e o Certificado de Inspeção Veicular (CIV).

3. Agregue o caminhão

Para aqueles caminhoneiros que têm o seu próprio veículo e querem aumentar sua estabilidade financeira, há uma excelente forma de alcançar esse objetivo: agregando o seu caminhão a uma firma transportadora. Nesse tipo de contrato, há algumas particularidades que podem garantir vantagens para o caminhoneiro autônomo. Entre elas está a qualidade de serviço alcançada, pois a empresa certamente contratará somente a quantidade de veículos necessária para atender a demanda da empresa.

Com isso, consegue-se maior estabilidade já que o caminhoneiro se torna menos afetado com as oscilações do mercado e a disputa de ofertas com outros concorrentes de seu serviço. No entanto, a precificação dos fretes será fixa juntamente às quilometragens rodadas. Além do mais, poderá ser cobrado um cumprimento de carga horária preestabelecido pela empresa. Dessa forma, o profissional pode ainda utilizar o seu caminhão para trabalho autônomo no período de horas vagas para elevar ainda mais a sua renda mensal.

É importante ressaltar que para ser um agregado, o proprietário do veículo deve realizar periodicamente a manutenção preventiva do caminhão, bem como a documentação do veículo e pessoal devem estar devidamente regulamentadas. Outro ponto é que as exigências quanto ao perfil do caminhão, capacitação técnica do condutor e a idade do veículo podem variar de uma empresa para a outra.

4. Diversifique serviços

É muito comum os caminhoneiros investirem e se especializarem em um tipo de carga. Isso ajuda a obter maior eficiência e produtividade no trabalho. No entanto, para aqueles que desejam elevar seu rendimento financeiro com o uso do caminhão, é interessante explorar todas as possibilidades que o seu veículo pode oferecer. Isso porque, em um momento de baixa nos preços dos fretes, e cada vez mais concorrência no mercado, a opção de conferir alternativas de serviços para complementar a renda é muito bem-vinda.

No caso de caminhões com baú, por exemplo, empregado em mudanças residenciais, será preciso apenas que o proprietário encontre uma pequena equipe de confiança para ajudar com a organização, embalagem e deslocamento das cargas. Outro exemplo é o caminhão graneleiro. Esse modelo pode ser usado em carretos e deslocamento de produtos que não exigem proteção contra a ação de fatores climáticos.

Dessa forma, estar ciente das possibilidades disponíveis no mercado é de grande importância para o caminhoneiro autônomo, pois contribui para elevar o faturamento mensal, obter maior estabilidade financeira e se dar bem frente à concorrência. Em função disso, é preciso que o profissional escolha bem o modelo de veículo que usará para o trabalho, pois assim é possível atender a todas as suas necessidades e evitar que esse recurso se torne um problema no futuro.

Assim, essas foram as principais informações sobre como ganhar dinheiro com caminhão. Vale ressaltar que entre os cuidados que o profissional deve ter ao começar a trabalhar nessa área, há a necessidade de sempre estar preparado economicamente para os períodos de sazonalidade, bem como priorizar as parcerias apenas com empresas de confiança, o que aumentará suas chances de obter sucesso na carreira.

Gostou do artigo? Então confira também nosso post sobre as mudanças na Nova Geração Scania no Brasil e fique por dentro de mais conteúdos relevantes sobre veículos pesados.

Você também pode gostar

Deixe um comentário