Por que é necessário fazer a manutenção preventiva de caminhão?

6 minutos para ler

Para os empreendedores que trabalham no ramo de fretes e de transporte de carga, um dos aspectos que influenciam diretamente a qualidade dos serviços e a produtividade é o nível de eficiência dos caminhões.

Nesse sentido, podemos afirmar que manter o bom estado de conservação dos veículos permite obter várias vantagens. Exemplos são efetuar as entregas no tempo determinado, evitar gastos com imprevistos relacionados a danos na máquina, ter um caminhão que trabalhe em ótima performance e muitos outros mais.

Sendo assim, para garantir que a sua frota tenha bons resultados, efetuar a manutenção preventiva de caminhão é uma excelente estratégia, já que contribui para a conservação dos sistemas mecânicos e para um rendimento constante. Diferentemente dos outros tipos de reparações, a manutenção preventiva apresenta vários pontos positivos relativos à economia e à produtividade da empresa.

No entanto, você sabe a fundo por que é necessário fazer esse tipo de revisão? Então, continue a leitura deste artigo, pois trataremos das principais informações referentes ao tema!

O que é manutenção preventiva de caminhão?

Antes de tudo, é interessante ressaltar o que é a manutenção preventiva de caminhão. Basicamente, é o procedimento de checagem periódico dos diferentes sistemas mecânicos, bem como dos dispositivos e das peças do veículo.

A sua finalidade é identificar de modo antecipado se há possíveis avarias e falhas que comprometem o funcionamento da máquina. Podemos afirmar que essa modalidade é o procedimento mais eficiente e econômico para garantir a performance da sua frota.

Isso porque, como o próprio nome sugere, essa reparação trabalha de forma preventiva, antecipando a troca e a substituição de componentes. Dessa maneira, você evita que pequenos problemas possam se agravar e comprometer outros sistemas do caminhão, gerando a interrupção do uso. Vale ressaltar, porém, que há outras modalidades de manutenção, como é o caso da corretiva e da preditiva.

A primeira é aquela que é executada quando o problema principal já aconteceu. Por isso, deve ser evitada, já que demanda um maior custo de reparação. Na preditiva, há a substituição de peças que já se encontram no prazo final de vida útil. Nesse caso, é feita a troca de componentes quando é apresentado o menor sinal de falha ou defeito. Ao avaliar todos os tipos, percebe-se que, no caso de frotas de caminhão, a preventiva é a mais adequada aos objetivos do negócio.

Por que é tão importante fazer a manutenção preventiva da frota de caminhões?

Veja, agora, os motivos que comprovam a necessidade de realizar a manutenção preventiva da frota de caminhão!

Redução de custos

O primeiro motivo que aponta a importância de realizar a manutenção preventiva de sua frota é a redução de custos. A esse respeito, no cotidiano de fretes, os caminhões são submetidos a várias situações desfavoráveis nas estradas, como asfalto com deformidades e buracos, que acabam causando a danificação de componentes mecânicos do veículo.

Alguns problemas são iniciados em pequenas proporções, mas, se não reparados, provocam maiores prejuízos a outras partes do caminhão, elevando as despesas na oficina.

Entretanto, esse fato pode ser evitado ao realizar a manutenção preventiva, já que ela tem a finalidade de corrigir um problema em seu estágio inicial ou, até mesmo, de evitar que ele aconteça por meio da substituição antecipada das peças. Isso, no fim das contas, gera uma maior economia, já que não é necessário gastar com prejuízos graves gerados pela falta de manutenção.

Aumento da vida útil da frota

A manutenção preventiva também possibilita elevar a vida útil da frota. Quanto a esse ponto, é fato que o maior cuidado com qualquer recurso contribui para que o seu tempo de utilidade se prolongue.

No caso dos caminhões, não é diferente. Empresas que não atentam a essa estratégia acabam precisando substituir os seus veículos com uma maior frequência, pois a falta de revisões preventivas prejudica o estado de conservação dos caminhões.

Melhora da segurança

Normalmente, nas viagens de frete, é utilizada a capacidade máxima dos caminhões. Desse modo, o bom funcionamento dos componentes é essencial para a produtividade do transporte.

A existência de alguma avaria ou de um problema inesperado pode ser bastante ruim para a segurança da carga e também do motorista. Isso porque a ocorrência de um defeito pode deixá-lo em uma situação perigosa na estrada, aumentando as chances de acidentes.

Contribuição para uma maior eficiência logística

Por fim, não podemos deixar de citar a contribuição das revisões preventivas para garantir uma maior eficiência logística. Nesse sentido, muitas empresas que solicitam serviços de transporte têm como pontos importantes nesse processo a agilidade e a eficiência na locomoção das mercadorias.

Ou seja, o planejamento logístico deve ser o melhor possível. Além do mais, para que esse objetivo seja alcançado, os veículos de carga devem estar em bom estado de conservação, o que é garantido por meio das manutenções preventivas.

O que não pode faltar em uma manutenção preventiva de caminhão?

Agora é hora de falar da parte prática sobre a manutenção preventiva. No geral, todos os sistemas mecânicos devem ser checados ao realizar a revisão do veículo, pois a falha em qualquer mecanismo do caminhão na estrada pode gerar incontáveis prejuízos. No entanto, podemos pontuar alguns itens que são essenciais à prática.

O primeiro está relacionado à verificação e à troca do óleo do motor, pois esse componente é de vital importância para o bom funcionamento e para a preservação das peças internas. Também devemos conferir a situação dos pneus, avaliando como está a condição da banda de rodagem e dos sulcos.

Isso permitirá aumentar a segurança na estrada. Além disso, é fundamental checar a situação dos sistemas elétricos, pois uma pane elétrica seria uma condição bastante prejudicial para a efetividade do transporte de carga. Somadas a esses pontos, temos:

  • a verificação de vibrações e ruídos;
  • a checagem de suspensão e do sistema de freio;
  • a inspeção do sistema de transmissão;
  • a avaliação do estado da estrutura do baú;
  • a análise da situação do sistema de refrigeração do motor.

Portanto, essas foram as principais informações que explicam por que é necessário realizar a manutenção preventiva de caminhão. Percebe-se que esse procedimento pode garantir à frota inúmeras vantagens e benefícios que impactarão diretamente a produtividade do serviço de transporte.

Gostou do artigo? Então, compartilhe-o em suas redes sociais para que os seus amigos do segmento possam ficar por dentro desse tema!

suvesa mercado shops
Você também pode gostar

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.